Condições e restrições para viajar a Portugal em setembro

A taxa de vacinação em Espanha e Portugal é uma das mais elevadas dos principais países da União Europeia. Os portugueses estão com 72% da população com o esquema vacinal completo, enquanto em Espanha ultrapassa os 69%.

Viajar para Portugal a partir de Espanha é possível, embora esteja sujeito a algumas restrições. Para quem atravessa a fronteira por via terrestre, não há controles e nem é necessário apresentar atestado de saúde.

No entanto, para quem viaja de avião, será necessário apresentar um teste de PCR negativo com 72 horas de antecedência, um teste de antígeno realizado com 48 horas ou o Certificado Covid da UE de vacinação completa com mais de 14 dias.

Outras medidas que devem ser tidas em conta uma vez em solo português são a apresentação do ‘passaporte Covid’ em restaurantes e bares aos fins-de-semana e feriados; no acesso a hotéis e alojamentos, ou em eventos com mais de 1000 pessoas exteriores e 500 interiores.

Em vez disso, uma PCR de 72 horas, um teste de antígeno de 48 horas, entre outros testes, também podem ser apresentados. Esses requisitos não são endossados ​​para crianças com menos de 12 anos de idade.

Por outro lado, Portugal já não tem toque de recolher. O comércio e a hospitalidade têm horários normais, embora ainda tenham algumas restrições de capacidade – oito pessoas na mesa interna e 15 externas. Quanto à vida noturna, ainda está fechada.

Quanto tempo duram os efeitos colaterais da Pfizer?

Efeitos colaterais da Pfizer Eles geralmente ocorrem entre um e dois dias após a administração da injeção e não costumam durar mais do que 48 horas, embora possam aparecer a qualquer momento na primeira semana após a vacinação, de acordo com os Centros de Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

Quais são os efeitos colaterais da vacina moderna?

Efeitos colaterais da vacina da Moderna O sétimo relatório de farmacovigilância da AEMPS revelou o seguinte: estado febril (50%), dor de cabeça (30%), dores musculares (25%), dor na área de vacinação (19%)), calafrios (11%) , mal-estar (13%), náusea (9%), artralgia (8%), astenia (6%). 2

A ALTERNATIVA MAIS SAUDÁVEL À ERVA DE FUMO QUANDO VOCÊ TEM FRIO

Fumar pode não ser a melhor maneira de usar cannabis quando você está resfriado ou com febre, mas deseja se medicar com cannabis. Dito isso, você poderia tentar outras maneiras de consumi-lo, pois há maneiras que não produzem a irritação do fumo.
Se inalar fumaça ainda é seu método favorito, você pode tentar vaporizadores. Esta forma não incendeia diretamente a planta, então você pode inalar e saborear os componentes saudáveis ​​enquanto elimina as outras partículas que podem se transformar em alcatrão em seus pulmões. Apenas relaxe ao inspirar para dar um pouco de ar aos seus pulmões.
Outra forma de consumir cannabis é ingerindo alimentos como óleo ou bebendo algo que você goste. Isso também permite que você ingira os componentes da cannabis que são considerados “macronutrientes”, como os ácidos graxos ômega 3, que podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico. Existem óleos CBD que podem ser consumidos em gotas, e a própria erva pode ser misturada com outros ingredientes como gengibre, limão e mel para criar um chá de cannabis relaxante.

Dicas úteis para aliviar os efeitos colaterais

Para reduzir a dor e o desconforto onde você recebeu a vacina injetável
• Aplique um pano limpo, fresco e úmido na área.
• Use ou exercite seu braço.
Para reduzir o desconforto causado pela febre
• Beba muitos líquidos.
• Use roupas leves.

Possíveis efeitos colaterais após a vacinação contra COVID-19

A vacinação contra COVID-19 ajudará a protegê-lo contra a contratação de COVID-19. Você pode sentir efeitos colaterais, que são sinais normais de que seu corpo está construindo proteção. Esses efeitos colaterais podem afetar sua capacidade de realizar suas atividades diárias, mas devem desaparecer dentro de alguns dias. Algumas pessoas não apresentam efeitos colaterais.
Efeitos colaterais comuns
No braço onde você recebeu a vacina injetável:

• Dor
• Vermelhidão
• inchaço
No resto do corpo:

• Cansaço
• Dor de cabeça
• Dor muscular
• Calafrios
• Febre
• Náusea

Tratamiento con cannabidiol ayuda a superar antes la covid a enfermos en UCI

Un tratamiento con cannabidiol (CBD), componente no psicoactivo del cannabis, empleado en un hospital de Austria ha permitido a pacientes en la UCI superar antes el coronavirus gracias a sus propiedades antiinflamatorias.
“Administramos el CBD a 50 pacientes y observamos que los niveles de infección desaparecían con mayor rapidez”, explicó a Efe Rudolf Likar, jefe de Departamento de Anestesiología y Medicina Intensiva del Hospital de Klagenfurt.
Durante tres semanas se administraron primero 200 miligramos y luego 300 miligramos de CBD en forma de suero farmacológico a ese grupo de pacientes, tras lo que se pudo observar que sus PCR salían negativas antes que las de otros grupos que seguían tratamientos distintos.