THC e CBD: quais são as diferenças?

A planta cannabis é bem conhecida pelos compostos que contém: canabidiol e tetrahidrocanabinol.
O primeiro, também conhecido como CBD, está presente em altos percentuais na maconha legal. É um princípio ativo não psicotrópico, ou seja, não altera as capacidades mentais e físicas dos consumidores e não gera dependência.
O THC, por outro lado, é responsável pela ilegalidade da erva daninha. É o canabinóide mais apreciado pelos apreciadores de cannabis, já que bastam algumas doses para perceber os efeitos cerebrais.
No entanto, as propriedades que o tornaram ilegal são as mesmas que levaram os especialistas a aplicá-lo também na área médica. Na verdade, o tetrahidrocanabinol é usado para combater doenças crônicas e várias enfermidades, acalmando a dor e proporcionando alívio ao nosso corpo.
Tecnicamente, ele libera dopamina – um neurotransmissor que regula o humor, o ciclo sono / vigília, níveis de atenção e outros aspectos comportamentais.
Isso significa que o efeito do THC provoca sensações agradáveis, alterando as habilidades sensoriais dos consumidores.
Mas não se engane: uma grande quantidade de THC pode causar poucos ou nenhum efeito benéfico, como depressão, taquicardia e agressividade.
O CBD, por outro lado, por ser um composto não psicoativo, não tem consequências nas percepções físicas e mentais dos consumidores. Na verdade, ele encontra aplicação na área médica para aliviar a dor causada por inflamação, tratar distúrbios psicológicos como esquizofrenia ou ansiedade.

Cannabis: características gerais

Cannabis é uma planta pertencente à família Cannabaceae. Os principais tipos de cânhamo são 3: Indica, Sativa e Ruderalis.

A primeira variedade, a Sativa, tem origem nas zonas equatoriais e é a que atinge as dimensões mais imponentes. É caracterizada por folhas finas e pontiagudas; ou seja, o mais conhecido do público em geral.

Em termos gerais, a Sativa tem altos níveis de THC e baixas concentrações de CBD.

A cannabis indica é originária de áreas subtropicais que não têm muitas horas de luz do dia. As folhas são mais grossas e densas que as da Sativa.

Possui altas concentrações de canabidiol, que produz efeitos calmantes que combinam sono e relaxamento muscular.

Por fim, há a variedade Ruderalis: típica de regiões de clima rigoroso como a Rússia e o norte da China, e sua principal peculiaridade é ser autoflorescente, ou seja, seu crescimento não está vinculado a nenhum período específico do ano. Não contém nenhuma porcentagem relevante de THC ou CBD; por isso, é usado para criar novos híbridos entre as duas primeiras espécies.

O FRACASSO DA EQUIPE NACIONAL PORTUGUESA

A SELEÇÃO DO CAMPEÃO ATUAL NÃO PODE DEFENDER O TÍTULO POR SUA ELIMINAÇÃO PREMATURA CONTRA A BÉLGICA

O NOVO CAMPEÃO DA LIGA NOS: LISBON SPORTING

O ESPORTE DE LISBOA É CAMPEÃO DA LIGA APÓS 19 ANOS SEM OBTER ESTE TÍTULO

APOLLO G E SEU ANTIGO TEMPO DE SUCESSO

A CANÇÃO DE SUCESSO JÁ SUPERA 19 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES E É PRODUZIDA PELO DJ MICHEL

¡O RICO CHURRASCO PORTUGUÊS!

O CHURRASCO PORTUGUÊS TORNOU-SE UM CULINÁRIO CULINÁRIO FANTÁSTICO