Quem pode ajudar a cannabis medicinal?

Além de tratar a dor neuropática, os canabinoides têm várias indicações medicinais em outros países:

  • Previna náuseas e vômitos da quimioterapia em pacientes com câncer
  • Melhora a espasticidade em pacientes com esclerose múltipla
  • Ajuda com problemas transitórios de sono
  • Promover aumento do apetite e ganho de peso em pacientes com HIV
  • Benefícios foram observados para pacientes com epilepsia refratária
  • Melhora os sintomas da doença inflamatória intestinal
    O especialista da Sociedade Espanhola de Dor propõe que sejam concedidas licenças a pacientes, como em outros países, para o uso de cannabis medicinal do tipo e concentração prescrita por um médico, mas limitada a um determinado tempo, para que este especialista possa fazer o adequado monitoramento e ajuste de dose.

A abundância de pólen na planta Cannabis pode ajudar a aumentar a população de abelhas.

Um estudo da Universidade Cornell descobriu que a planta Cannabis Sativa pode atrair até 16 espécies de abelhas. E quanto maiores as plantas, maior a diversidade de visitantes que terão.
Apesar de não ter néctar, as abelhas são atraídas pela grande quantidade de pólen produzido pelo cânhamo (planta derivada da Cannabis Sativa).
Além disso, a altura da planta está fortemente correlacionada com a abundância de abelhas, pois segundo o estudo, plantas de cânhamo que medem dois ou mais metros podem atrair um número maior de abelhas do que plantas baixas.
No total, foram encontradas 16 variedades diferentes de abelhas que enxamearam a cultura