CBD e dermatite atópica

A dermatite é uma doença inflamatória da pele que comumente ocorre em crianças. Estima-se que 10% das crianças de até seis anos de idade sejam afetadas por essa doença de pele. A dermatite tende a surgir com mais frequência durante os meses mais frios e é caracterizada por erupções cutâneas escamosas, vermelhas e coceira.


A forma mais popular de tratamento para dermatite são os cremes de corticosteróide.

Esses cremes são muito eficazes no alívio dos sintomas da dermatite. No entanto, eles podem causar muitos efeitos adversos na pele e no corpo. Outro problema é que os problemas de pele relacionados à dermatite atópica tendem a reaparecer após o término do tratamento com corticosteroides.


Os produtos de CBD tendem a ser mais eficientes porque a pele humana tem seu próprio sistema endocanabinoide. O CBD interage com esse sistema, acalmando rapidamente a área-alvo, acalmando a inflamação e restaurando o equilíbrio da área.

Os produtos com CBD também podem ajudar a aliviar a vermelhidão e a coceira, dois dos principais problemas causados ​​pela dermatite atópi
El CBD tiene propiedades antiinflamatorias que ayudan a aliviar el picor y la irritación asociados con la psoriasis.

Por que recomendamos cannabis para dermatite atópica?

A cannabis tem, entre seus muitos benefícios, propriedades antiinflamatórias e antibacterianas contra a coceira causada pela dermatite atópica.

Existem receptores na pele que interagem com os canabinóides da planta cannabis, aliviando os sintomas e o aparecimento de dermatites. Um endocanabinóide chamado palmitoiletanolamida (PEA) tem qualidades terapêuticas que aliviam a coceira e pele seca.

Além disso, outro dos benefícios obtidos com a cannabis é a sua eficácia contra a eliminação da bactéria Staphylocaccus aureus.

Estudos recentes demonstraram que a interação da cannabis com o sistema endocanabinóide inibe a ativação dos mastócitos (células imunes que liberam histamina e causam coceira e inflamação na pele).