Óleo de cânhamo: propriedades e usos

Como vimos, o CBD é muito fácil e eficazmente absorvido, penetrando nas diferentes camadas da derme. Por esse motivo, o produto mais popular é o óleo de cânhamo, desenvolvido especificamente para atender a isso.

Isso supõe, principalmente e entre outras coisas, que melhora a circulação sanguínea, que já cansamos de dizer que é um truque principal e essencial para ter uma saúde melhor do cabelo. Também melhora o sistema linfático, que não carrega sangue mas vai morrer para o aparelho circulatório, então devemos cuidar também (além disso, é um grande esquecimento!).

A Cannabis é capaz de proporcionar aos cabelos uma dose de hidratação mais do que interessante e natural (pois inclui muito ácido gama linoléico, responsável por este propósito) ao mesmo tempo que faz multiplicar o seu brilho, tal como a sua maciez.

Mas não para por aí, o CBD é capaz de uma reconstrução eficaz das fibras, fortalecendo-as e tornando-as flexíveis (conseguimos isso, em parte, devido ao seu teor de vitamina E) e, com isso, mais versáteis para o tempo para pentear os cabelos e usar uma maior variedade de produtos. Também é capaz de combater a caspa.

A proteína faz com que a fibra, além de ser reconstituída, o faça com mais força, criando mais corpo para cada uma das fibras e tornando-as mais manejáveis ​​se cuidarmos bem delas.

Finalmente, aquela vitamina E que já apresentamos, garante que, com os ingredientes certos, podemos criar condicionadores poderosos. Isso regenera as células ciliadas e, com seus ácidos graxos, continua a hidratar, tarefa de qualquer bom condicionador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *